03/06/2015

A ascensão de Sara



Sara Sampaio,1,72 de altura,Portuguesa,nascida em 21 de julho de 1991.
Sara foi eleita  modelo revelação de 2013 pela Revista Espanhola Hola.
No mesmo ano venceu o Casting para desfilar a Victorias Secret após realizar campanhas para a linha VSPink .Em 2014 voltou a desfilar para a marca de lingeries usando dois looks,e uma das famosas asas da marca,no ano seguinte 2015 entrou oficialmente para o time de Angels.Já apareceu em editoriais para Vogue,Glamour e Biba,também fez campanhas ao lado de SuperModels como Adriana Lima e Irina Shayk.É considerada uma das maiores personalidades nas redes sociais de seus pais.

Att:Rafa Carvalho
Texto também no instagram: @ditadurafashion.blog

01/06/2015

Gargantilhas

Bom meninas todas  já devem conhecer as famosas gargantilhas,moda antiga que voltou agora e eu mesmo acho super fofo.Vou colocar algumas fotos para quem não conhece conhecer e para quem tem e quer inspirações  para poder usar.Bora ver !


Post por:Lari B, Da Silva                                                                                          

Jardineira para gordinhas

Então meninas,o post de hoje é para gordinhas,quem disse que elas também não podem usar a  famosa jardineira.Que inclusive ta fazendo um sucesso enorme.Vamos ver as imagens de como e com o que usar.


Post por: Lari B. Silva                                                                                                                              

O não a Cartela Caucasiana

Maria Borges
Todos Sabemos que o Brasil e um pais mestiço, multi racial. No entanto a taxa de racismo e medonhamente alta.
Nas passarelas não e diferente.
Não chamaria de racismo, pois o termo e pesado. Mas chamaria de cultura demode!
Logo um ramo disseminador de tendencias, cores, e padrões deixa a desejar na escalação de  modelos.
Essa beleza caucasiana já esta muito "manjada", e preciso rever esse conceito de beleza, abrir os horizontes e começar a valorizar as belas negra e mulatas, digo mais, valorizar a diversidade!

Eu li na coluna do Bruno Astuto para a revista Época, que a taxa de modelos NÃO brancas nas passarelas desta ultima temporada, foi de 20%.
Um absurdo! E em países europeus a situação e ainda pior.

"Somos um pais plural, não existe nada mais cafona e retrogrado do que esses desfiles caucasianos, esta faltando cor nessa cartela".
Frase de Bruno Astuto.

A qual concordo e assino em baixo.
Fica ai uma reflexão aos novos e aos atuais criadores de moda. 
Na imagem a top model angolana Maria Borges, para Adriana Degreas no ultimo SPFW.

Att Rafa Carvalho.

31/05/2015

POSTS RELACIONADOS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...